Para começarmos a estudar Comandos Elétricos é importante entender sobre o que estamos falando.

Comandos elétricos ou Acionamentos elétricos?

Quando falamos em Comandos ou Acionamentos elétricos estamos falando basicamente da mesma coisa. O objetivo é controlar os dispositivos elétricos. Ligar e desligar, subir e descer.

Vamos começar dividindo os dispositivos em três categorias: Dispositivos de entrada, dispositivos de processamento e dispositivos de saída de sinais elétricos.

Dispositivos de Entrada

Os dispositivos de entrada determinam as informações fundamentais para a execução dos trabalhos.

Os elementos de entrada tem por objetivo e funções básicas ligar, desligar e controlar os equipamentos elétricos. Por exemplo, ordena avanço, recuo, sentido horário e anti-horário, sobe e desce, liga e desliga.

Dispositivos de Processamento

Os dispositivos de processamento são todos os elementos que recebem sinais dos dispositivos de entrada e irão processar as informações e, em seguida, executar as ações que resultarão no funcionamento dos dispositivos de saída.

Os dispositivos de processamento podem ser analógicos, eletromecânicos ou digitais. Por exemplo: placas de controle digital, CLP, Inversores de frequência. A gama de dispositivos é extensa.

Dispositivos de Saída

Os dispositivos de saída são os elementos responsáveis por transformar a eletricidade em trabalho e também podem ser elementos de sinalização que dão indicação do status de funcionamento dos equipamentos ou sistemas.

Por exemplo: motores, sinaleiros, elementos sonoros.